NOTÍCIAS – Destaques do dia: o que foi notícia nesta quinta-feira (10/6)

De segunda a sexta-feira, Globo Rural traz um resumo das principais informações do agronegócio

 Destaques do Dia (Foto: Estúdio de Criação)

Boa noite! Confira os destaques desta quinta-feira (10/6) no site da Revista Globo Rural.

Peso do agro no PIB brasileiro

colheita-soja (Foto: José Medeiros/Ed. Globo)

Colheita de soja, principal commoditie produzida no Brasil (Foto: José Medeiros/Ed. Globo)

O bom desempenho do agronegócio deve fazer com que a participação do setor no PIB brasileiro ultrapasse os 30% em 2021. A projeção é de estudo feito pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq-USP), em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

O levantamento ainda destaca que, após alcançar crescimento recorde em 2020, o PIB do agronegócio teve alta de 5,35% no primeiro trimestre deste ano. Entre as causas, estão o crescimento de quase 8% do ramo agrícola, já que o pecuário recuou 1,96%.

Safra recorde menor após problemas climáticos

Colheita de milho 23/02/2021 (Foto: Adrees Latif/Reuters)

Colheita de milho safrinha (Foto: Adrees Latif/Reuters)

Os problemas climáticos na segunda safra fizeram a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) reduzir em 9,57 milhões, em relação à projeção do mês passado, os resultados da produçaõ brasileira de grãos em 2020/21.

Segundo levantamento divulgado nesta quinta-feira (10/6) pela estatal, o país colherá 262,13 milhões de toneladas. Apesar da quebra, o volume total a ser colhido ainda é superior à safra passada.

Quem também divulgou projeções hoje foi o IBGE. Segundo o levantamento, a safra agrícola de 2021 deve totalizar um recorde de 262,8 milhões de toneladas, 8,6 milhões de toneladas a mais que o desempenho do ano anterior, um crescimento de 3,4%.

Mais soja, menos milho

Trabalhos de colheita de soja em Tangará da Serra, Cuiabá  (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)

Trabalhos de colheita de soja em Tangará da Serra, Cuiabá (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)

A previsão de safra de soja 2020/21 do Brasil, com colheita já encerrada, foi elevada em 1 milhão de toneladas, para 137 milhões de toneladas, informou o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês) nesta quinta-feira (10/6).

O órgão, por outro lado, reduziu a projeção para a safra de milho brasileira 2020/21 a 98,5 milhões de toneladas, ante 102 milhões de toneladas no mês anterior, uma vez que vão ficando mais claros os efeitos da seca para a colheita de inverno, próxima de ganhar ritmo.

Vendas de soja avançam

Lavoura de soja (Foto: Corteva/Divulgação)

Lavoura de soja em fase inicial (Foto: Corteva/Divulgação)

A comercialização de soja da safra 2021/22 do Brasil, que será plantada a partir de setembro, atingiu até o dia 4 de junho 17,4% da produção esperada, afirmou a consultoria Datagro nesta quinta-feira (10/6), enquanto ressaltou que as vendas de milho da "safrinha" que está em desenvolvimento no centro-sul seguem moderadas.

As negociações da oleaginosa estão acima dos 15,1% da média de cinco anos, mas inferiores aos 33,1% do ritmo recorde em igual momento de 2020.

Cana como alternativa energética na crise hídrica

Usina para produção de açúcar em Sertãozinho (SP) (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

Usina para produção de açúcar em Sertãozinho (SP) (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

Usinas de cana-de-açúcar do Brasil têm conversado com o governo sobre eventuais medidas que poderiam apoiar um aumento na geração de energia em suas instalações, com uma oferta de eletricidade de biomassa por menos da metade do custo de muitas térmicas acionadas emergencialmente hoje em dia.

Segundo representantes do setor, o movimento permitiria uma importante ajuda ao país, equivalente à geração de uma hidrelétrica de médio porte em 2021, em momento em que o país enfrenta uma seca histórica que afeta os reservatórios das usinas hídricas. Mas há algumas questões que precisam ser resolvidas.

Paralisação de produtores integrados da BRF

Frangos (Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters)

Aviário onde ocorre a criação de frangos (Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters)

A BRF se reuniu nesta quinta-feira (10/6) com a comissão municipal Cadec e a Associação de Produtores de Proteína Animal (Appa), de Lucas do Rio Verde (MT), para negociar um acordo em relação aos preços pagos pelo frango aos produtores integrados da região.

A informação foi dada pelo coordenador do primeiro grupo e diretor executivo da associação, Pablo Artifon, em entrevista ao Broadcast Agro, da Agência Estado. A conversa ocorre após avicultores terem ameaçado paralisar os alojamentos de pintinhos para engorda e abate a partir de segunda-feira (14/6), enquanto a empresa não aceitar elevar os preços entre 10% e 12%.

Ataque hacker à JBS

JBS USA (Foto: Reuters)

Fachada da planta da multinacional JBS nos Estados Unidos (Foto: Reuters)

A subsidiária da JBS nos Estados Unidos pagou um resgate de US$ 11 milhões (cerca de R$ 55,5 milhões) aos cibercriminosos que invadiram e bloquearam os sistemas digitais da companhia em 30 de junho no país. O desfecho foi informado em nota oficial emitida na quarta-feira (9/6).

A companhia foi vítima de um ataque conhecido como ransomware, um código malicioso que torna inacessíveis os dados armazenados em um equipamento e que exige resgate — via de regra em criptomoedas — para restabelecer o acesso ao proprietário. A ofensiva afetou as unidades da empresa brasileira nos EUA, Canadá e Austrália.

Dicas de presentes do agro no Dia dos Namorados

Sansevieria cylindrica aramada em formato de coração (Foto: Divulgação)

Sansevieria cylindrica aramada em formato de coração (Foto: Divulgação)

Todo mês de junho bate a mesma dúvida naqueles que são comprometidos: como presentear quem eu mais amo no Dia dos Namorados?

Bom, se seu amor for sensível ao meio ambiente, sustentabilidade ou ao mundo do agro, a Globo Rural separou cinco opções de presentes que podem surpreender no 12 de junho!

REDAÇÃO GLOBO RURAL

Fonte : GLOBO RURAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *