Norueguesa Yara adquire unidade de fertilizantes em Goiás

 

A Yara International anunciou ontem ter fechado um acordo com a Adubos Sudoeste para adquirir uma unidade produtora de fertilizantes da empresa em Catalão (GO). O valor do negócio não foi divulgado.

Em nota, a Yara explicou que apesar de parte da produção poder ser destinada a agricultores de Tocantins, o foco da unidade serão produtores de Goiás, em especial os que se dedicam a soja, milho, feijão, tomate, batata, cebola e alho.

Segundo o vice-presidente sênior da Yara International e presidente da Yara Brasil, Lair Hanzen, Goiás é um Estado "fundamental" para os planos da empresa no país. "Investir em distribuição de fertilizantes no mercado goiano é estratégico para a Yara e reforça o nosso compromisso de assegurar as melhores soluções aos produtores rurais de todo o Brasil", afirmou o executivo, na nota.

A capacidade de produção de fertilizantes da unidade é da ordem de 300 mil toneladas por ano. A transação ainda precisa ser aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Nos últimos anos, a Yara investiu cerca de US$ 1,5 bilhão no país. As ações envolveram a aquisição da Bunge Fertilizantes, em 2013, a joint venture com a Galvani, no ano seguinte, e a construção e revitalização das unidades de mistura em Sumaré (SP) e Porto Alegre (RS).

Em abril, a empresa confirmou o aporte de R$ 1 bilhão em seu complexo industrial em Rio Grande (RS), que conta com duas fábricas, uma unidade misturadora e armazéns.

A Yara também já tem programados cerca de US$ 1 bilhão para dois projetos greenfield de produção de rocha fosfática nos Estados de Minas Gerais e Ceará, por meio da controlada Galvani. E planeja um aporte de R$ 41,4 milhões em uma planta de fertilizantes foliares e micronutrientes em Sumaré (SP). Assim, o investimento total projetado no país se aproxima de R$ 5 bilhões.

A Yara encerrou 2015 com receita de 108 bilhões de coroas norueguesas (US$ 13,2 bilhões), dos quais 24% vindos do Brasil.

Por Fernanda Pressinott | De São Paulo

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *