Negócios em R$ 1,1 bilhão

Os cinco primeiros dias de Expointer atingiram R$ 1,1 bilhão em propostas encaminhadas de máquinas e implementos. O presidente do Simers, Claudio Bier, disse que, apesar da chuva, os produtores não deixaram de fazer negócio. Bier continua apostando no recorde de R$ 2,5 bilhões a quatro dias do encerramento da exposição. O mau tempo provocou a inundação sem precedentes do parque Assis Brasil por quase metade da feira, interditando 30% do setor.

No primeiro dia de sol, o setor de máquinas estava bastante movimentado por produtores como Gilson Vagner (foto), de São João do Sul (SC). Ele viajou 200 quilômetros atrás de uma promoção. E encaminhou o pedido de um trator. ‘Estou avaliando se vou usar um trator de 1994 na troca, ou o Mais Alimentos’, explica. Produtor de arroz em uma área de 50 hectares, Vagner está disposto a investir R$ 85 mil. Até quarta-feira, três dos cinco bancos financiadores da feira movimentaram R$ 700 milhões em propostas.

O cenário positivo é o mesmo na venda de animais. Ontem à noite, até o fechamento desta edição, os negócios somavam R$ 13 milhões, indicando provável superação dos R$ 13,7 milhões de toda feira de 2012. Honório Franco, coordenador de Exposições e Feiras da Seapa, está confiante. ‘Ainda faltam leilões de novilhas, Braford, Devon e ovinos da raça Texel’, explica. A Expointer terá Abertura Oficial amanhã, às 10h, com a presença do ministro da Agricultura, Antônio Andrade, e do Rei Pelé. Tudo indica que a presidente Dilma Rousseff não virá a Esteio

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *