Índice de preços de alimentos da FAO reagiu em setembro

O índice de preços globais de alimentos da FAO, o braço das Nações Unidas para agricultura e alimentação, voltou a subir em setembro depois de 18 meses. Mas a alta foi marginal – 0,8% em relação a agosto, para 156,3 pontos, o segundo menor resultado deste ano -, determinada por aumentos apenas nos segmentos de lácteos e açúcar, nos quais houve fortes retrações no mês anterior (ver infográfico). Nos segmentos de carnes, cereais e oleaginosas (grupo que inclui a soja), as respectivas tendências de queda foram mantidas.

Por Bettina Barros | De São Paulo

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *