Índice de preços da FAO teve leve alta em março

O índice de preços globais de alimentos da FAO, o braço das Nações Unidas para agricultura e alimentação, subiu 1% em março na comparação com o mês anterior e alcançou 151 pontos. Trata-se do maior patamar deste ano, mas ainda abaixo das médias dos últimos anos.

A alta foi motivada por aumentos observados nos mercados de oleaginosas (inclui a soja) e açúcar. No primeiro, a variação positiva em relação ao mês anterior foi de 6,3%, para 159,8 pontos; no segundo, chegou a 17,1%, para 219,1 pontos. Nos dois casos, houve influência de adversidades climáticas no Brasil, ainda que no açúcar o peso tenha sido maior.

O avanço do índice não foi maior por causa da queda de 8,2% dos lácteos, que estão pressionados pela ampla produção europeia e pela baixa demanda chinesa. Os cereais também caíram e as carnes ficaram estáveis.

Mais em www.fao.org

Por Fernanda Pressinott | De São Paulo

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *