Mutirões cadastram agricultores para receberem bolsa-estiagem

SECA – Ação recomeça amanhã em Santo Estêvão e vai atender a 14 municípios de cinco territórios de identidade

Para que o agricultor familiar dos municípios em situação de emergência não perca o benefício da bolsa-estiagem, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), reinicia amanhã, na cidade de COMITÊ Videoconferência tira dúvidas de agentes públicos A quarta videoconferência do Comitê Estadual para Ações de Convivência com a Seca, realizada ontem, no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, promoveu uma rodada de perguntas e respostas entre prefeitos, secretários municipais, agentes públicos das cidades em situação de emergência e os representantes Santo Estêvão, uma série de mutirões com o objetivo de incluir as famílias no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e possibilitar a aquisição da Declaração de Aptidão ao PRONAF (DAP).

Na Bahia, segundo dados dos ministérios de Desenvolvimento Agrário (MDA) e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), 203 municípios têm famílias que possuem o DAP, mas estão fora do CadÚnico, o que totaliza 14.477 agricultores.

Busca ativa – Foram selecionados 14 municípios de cinco territórios de identidade – Portal do Sertão, Sisal, Chapada Diamantina, Sertão do São Francisco e Semiárido Nordeste II – para a realização dos mutirões.

Segundo a secretária Mara Moraes, essa busca ativa é importante "porque vai favorecer a identificação e o cadastro dos agricultores familiares em situação de vulnerabilidade, para que possam ter acesso aos principais programas sociais dos governos federal e estadual".

Fonte: DIÁRIO OFICIAL – BA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *