Municípios do Noroeste buscam investimentos

O agronegócio é responsável pela integração de diversos setores da economia que estão diretamente ligados aos produtos e subprodutos advindos da atividade agrícola ou pecuária. Tendo em vista sua grande importância para a economia dos 20 municípios que fazem parte da Associação dos Municípios da Fronteira Noroeste (Amufron), reuniram-se os membros da diretoria dos secretários da Agricultura e Meio Ambiente da Fronteira Noroeste, composta pelo presidente Altair Dil. A reunião ocorreu na prefeitura de Boa Vista do Buricá.

A pauta trouxe para o debate o atual cenário econômico e as instabilidades relacionadas ao clima, ao mercado, a logística, a mão de obra, entre outros aspectos. A mobilização dos coordenadores tem como principal objetivo a elaboração de estratégias que envolvam as prefeituras e as entidades como sindicatos cooperativas, instituições de ensino regionais, estaduais e federais e demais organizações que possam somar na busca por novas atividades, principalmente na produção de alimentos.

Entre as atividades analisadas, destacou-se o desenvolvimento de um projeto de "FrigoAves", já idealizado por vários gestores públicos, empresários e produtores rurais, tendo em vista sua grande relevância no incentivo de uma nova cadeia produtiva, além de ser uma excelente alternativa econômica, com poucos impactos ambientais e um bom retorno social.

Em conversa com o vice-presidente e secretário da Agricultura de Nova Candelária, Mário Schneiders, ele afirma que já estão sendo realizados contatos com empresas do ramo para futuras parcerias. No entanto, a maior dificuldade encontrada, neste primeiro momento é a distância dos frigoríficos, inviabilizando a ação e aumentando o custo da produção. A melhor alternativa seria a instalação de um frigorífico de aves mais próximo dos municípios da região, assunto que deve ser discutido nos próximos meses

Fonte: Jornal do Comércio

Compartilhe!