MUITA ÁGUA – Chuvas destroem 50 pontes e atingem 28 municípios em Mato Grosso do Sul

Rio Aquidauana superou a cota de transbordamento e se encontra em nível de alerta. Outros três rios podem também transbordar se chover por mais dias

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Chuva prejudica hortaliças no interior de SP
Londrina (PR) decreta estado de emergência por causa das fortes chuvas
SP: chuva danifica pontes e deixa produtor ilhado
Balanço da Defesa Civil de Mato Grosso do Sul informa que as chuvas no estado já atingiram 28 municípios do estado, afetando cerca de 67,3 mil pessoas e destruindo mais de 50 pontes.

Em Taquarussú, cerca de mil moradores estão isolados, sem acesso por terra. As famílias foram atendidas pelo estado com kits de higiene pessoal e cestas básicas.

Com das chuvas, quatro rios do estado estão em nível de alerta. Os rios Pardo, Coxim e Miranda ameaçam transbordar, caso a chuva continue por mais dias. O quarto rio é o Aquidauana, que superou a cota de transbordamento e se encontra em nível de alerta, de acordo com o governo estadual.

O nível de alerta é emitido pelo Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) quando as medições apontam que a altura das águas do rio ultrapassa a cota de permanência (média máxima) em 5%.

Na última quinta-feira, dia 14, o governo do estado foi autorizado a construir valas temporárias de drenagem para escoamento de água em áreas de plantios agrícolas e de silvicultura em Mato Grosso do Sul cuja produtividade esteja ameaçada pelas chuvas. A medida foi disciplinada por resolução da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade) e vale até 31 de março deste ano.

Nesta segunda, dia 18, a governadora em exercício, Rose Modesto, vai visitar três municípios  em situação de emergência: Aquidauana, Anastácio e Dois Irmãos do Buriti.

Fonte : Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *