Mudanças na Ocergs e na Fecoagro

Duas eleições no primeiro trimestre de 2014 movimentam os bastidores do cooperativismo gaúcho. Na primeira delas, prevista para março, a expectativa é pela substituição do presidente da Fecoagro, Rui Polidoro Pinto, no cargo desde 1998, e que não pretende permanecer por mais três anos. Polidoro já fez alguns contatos pessoalmente e diz que diversos nomes estão em análise, todos originários de direção de cooperativas. O assunto deve evoluir em dezembro, na próxima reunião de conselho.

Na Ocergs, o pleito de abril será marcado por mudanças. Pela primeira vez desde 1972, o presidente será contratado e não eleito pelo voto. A modificação estatutária, feita há 90 dias, foi adaptada do modelo nacional adotado pela OCB. Pela nova sistemática, a chapa vencedora escolherá um presidente executivo, nome que terá de ser homologado em assembleia geral com aprovação de 51% dos participantes. Já o Conselho terá de ser composto por, pelo menos, cinco ramos cooperativos. Para Vergilio Perius, à frente da Ocergs há oito anos, a nova fórmula demonstra uma gestão mais moderna. O assunto ‘eleições’ não está na pauta, mas é forte a tendência de chapa única, como nas duas últimas eleições.

Fonte: Correio do Povo

Um comentário em “Mudanças na Ocergs e na Fecoagro

  1. Bom dia,

    Qual a relação entre Ocergs e Fecoagro?

    Estão interligadas? De que forma

    Muito obrigado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *