MÁQUINAS | Vendas registram reação

As vendas de máquinas no mês de maio aumentaram 1,4% no Brasil, na comparação com o mês anterior, conforme divulgou ontem a Anfavea. A comercialização interna no atacado somou 6,1 mil unidades no mês passado. Os números referentes ao Rio Grande do Sul ainda não foram divulgados.

Apesar de aumento pequeno, o setor espera que seja o início de uma recuperação. No acumulado do ano, segundo a Anfavea, há uma retração de 19,7% nas vendas, em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2013, o setor registrou o maior volume de negócios da história. ‘O mercado começou a reagir’, diz o presidente do Simers, Cláudio Bier. De acordo com ele, o aumento do percentual é resultado da pressão feita pelo setor junto ao BNDES. Ele afirma que, no início do ano, o banco responsável por grande parte dos financiamentos liberou poucos recursos, o que influenciou no resultado das vendas no primeiro trimestre. ‘As empresas tinham pedidos em carteira, mas estavam com problema de liberação de crédito’, observa. ‘Não é um grande número, mas é o início da recuperação.’

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *