Moy Park impulsiona Pilgrim’s Pride

Impulsionada pela aquisição da irlandesa Moy Park, a americana Pilgrim’s Pride, empresa de carne de frango controlada pela JBS, registrou lucro líquido de US$ 134,3 milhões no quarto trimestre de 2017, 90% mais que no mesmo período do ano anterior (US$ 70,6 milhões).

Em todo o ano passado, o lucro da Pilgrim’s alcançou US$ 694,5 milhões, aumento de 57% em relação aos US$ 440,5 milhões de 2016. Listada na Nasdaq, a Pilgrims’s responde por cerca de 20% das vendas da JBS. A empresa brasileira, que divulgará seu balanço em março, tem mais de 75% das ações da Pilgrim’s.

"O desempenho mais uma vez demonstra a força e a diversidade do nosso portfólio de aves, e isso é fundamental para nos diferenciar dos competidores. É o que nos dá potencial para reduzir a volatilidade e gerar mais margens", afirmou o CEO da Pilgrim’s, Bill Lovette, em nota.

Nesse sentido, o executivo disse que o bom desempenho das categorias de frangos menores ("small birds") e de frangos em bandeja ("case ready") ajudou a compensar os resultados sazonalmente mais fracos dos produtos mais "commoditizados" no quarto trimestre. No entanto, a Pilgrim’s não conseguiu evitar a queda de margens na comparação com o trimestre anterior.

No quarto trimestre, a margem de lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustada da Pilgrim’s ficou em 8,8%, ante 16,6% no terceiro trimestre. Na comparação com igual período de 2016, no entanto, a margem ficou estável.

O Ebitda ajustado da companhia totalizou US$ 241 milhões no quarto trimestre, aumento de 17% na comparação com igual período de 2016, mas praticamente metade dos US$ 463,6 milhões do período imediatamente anterior.

No acumulado de 2017, a margem Ebitda da Pilgrim’s melhorou – siau de 10,4% para 12,9%. Em todo o ano passado, o Ebitda ajustado da Pilgrims chegou a US$ 1,3 bilhão, crescimento de 34,8% ante o Ebitda de US$ 1 bilhão do período anterior.

Em termos de vendas, a Pilgrim’s registrou um crescimento de 15% da receita líquida no quarto trimestre, saindo de US$ 2,3 bilhões para US$ 2,7 bilhões. Em todo o ano de 2017, as vendas da companhia controlada pela JBS renderam US$ 10,7 bilhões, o que representou um incremento de 9% na comparação com os US$ 9,8 bilhões reportados em 2016.

Das vendas da Pilgrim’s, os Estados Unidos foram responsáveis por 70% – geraram US$ 1,9 bilhão no quarto trimestre. O México por seu turno, respondeu por 12%, e o Reino Unido e a Europa, que entraram nos negócios da Pilgrim’s com a compra da Moy Park, representaram 18,5%. Nos próximos anos, a Pilgrim’s pretende obter US$ 50 milhões em sinergias com a integração da Moy Park.

Por Luiz Henrique Mendes | De São Paulo

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *