MOVIMENTO ESPERADO – Milho: com oferta cada vez maior no mercado interno, preços seguem em queda

Apesar da entrada de milho no mercado brasileiro, o país ainda deve enfrentar dificuldades no abastecimento em 2021, destaca analista

milho

Foto: Município de Dionísio Cerqueira-SC

No decorrer da primeira semana de dezembro foi evidenciado avanço da oferta em diversos estados no mercado de milho, o que leva a queda nas cotações. Segundo o analista de Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, esse movimento já era aguardado de acordo com a necessidade de liberar espaço para a safra nova que se avizinha. “No entanto, essa situação não altera as dificuldades de abastecimento que devem marcar o primeiro semestre de 2021, considerando uma oferta restrita de milho em grande parte do país”, adverte Iglesias.

  • No Porto de Santos, o preço da saca de milho ficou em R$ 72/78. No Porto de Paranaguá (PR), o valor chegou a R$ 71/78 a saca.

    No Paraná, a cotação ficou em R$ 75/76 a saca em Cascavel. Em São Paulo, a saca foi negociada a R$ 72/74 na Mogiana. Em Campinas CIF, preço foi de R$ 74/76 a saca.

    No Rio Grande do Sul, o preço ficou em R$ 84/86 a saca em Erechim. Em Minas Gerais, o valor ficou em R$ 70/72 a saca em Uberlândia. Em Goiás, o preço esteve em R$ 70 – R$ 72 a saca em Rio Verde – CIF. No Mato Grosso, a saca foi negociada a R$ 64/67 a saca em Rondonópolis.

    Por Agência Safras

    Fonte : Canal Rural

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *