MOVIMENTAÇÕES – Patrus Ananias se licencia para votar contra o impeachment

Ministro do Desenvolvimento Agrário pediu para deixar o cargo temporariamente, assim como outros três ministros do PMDB favoráveis a Dilma Rousseff

Patrus Ananias (PT-MG), ministro do Desenvolvimento Agrário de Dilma Rousseff, pediu para deixar o cargo temporariamente para poder votar como deputado contra o processo de impeachment neste domingo, dia 17. O decreto de exoneração foi publicado nesta quinta, dia 14, no Diário Oficial da União.

Além dele, outros três ministros do PMDB com mandatos na Câmara dos Deputados deixaram os cargos. Mauro Lopes, da Aviação Civil; Celso Pansera, da Ciência, Tecnologia e Inovação, e Marcelo Castro, da Saúde. Os quatro parlamentares retomam hoje os mandatos de deputado federal.

"Estarei de volta à Câmara exercendo, ainda que nessa situação excepcional, o mandato que o povo de Minas (Gerais) me confiou. Permaneço junto de todos os que seguem lutando, sem cessar, pela manutenção democrática e pela ampliação da justiça social, acima de todos os interesse pessoais", publicou nesta quarta, dia 13, Patrus Ananias em sua página no Facebook.

Antônio Cruz/Agência Brasil

  Fonte: Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *