Mourão destaca necessidade de apoio aos homens e mulheres do campo na Expodireto

Vice-presidente da República participou da abertura da feira em Não-Me-Toque

  • Vice-presidente Hamilton Mourão discursou na abertura da Expodireto em Não-Me-Toque
  • Vice-presidente Hamilton Mourão discursou na abertura da Expodireto em Não-Me-Toque | Foto: Guilherme Almeida

    O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse que a Embrapa precisa “voltar a apoiar os homens e mulheres do campo”. Ele destacou que boa parte das 5 milhões de propriedades rurais do Brasil não contam com acesso à tecnologia e pesquisa. Ele disse ainda que a agricultura é a “base fundamental da nossa civilização”.

    Mourão disse em entrevista coletiva, após a abertura oficial da 20ª Expodireto Cotrijal, que ainda não há uma definição do governo sobre a suplementação de recursos para o Moderfrota, principal linha de financiamento para aquisição de máquinas. Durante a solenidade, o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, destacou a necessidade de suplementação para que os recursos não acabem antes do próximo Plano Safra.

    Questionado sobre a preocupação do agronegócio com a possível transferência da embaixada do Brasil em Israel, Mourão disse que o presidente Jair Bolsonaro "está aguardando para tomar uma decisão". "Não tem nada decidido ainda", afirmou.

    Mourão destacou ainda que cabe ao governo atuar em quatro pilares para apoiar o setor agrícola: a desburocratização, a logística, a facilitação de crédito e o apoio à tecnologia. O vice-presidente também elogiou a Expodireto, que segundo ele "serve para mostrar a capacidade do Brasil".

    Por Danton Junior

    Fonte : Correio do Povo

    Compartilhe!