Monsanto desiste da cana

 

Empresa, que operava com a marca CanaVialis, pretende discutir possíveis transferências tecnológicas

A Monsanto do Brasil vai sair do mercado de cana-de-açúcar, no qual operava sob a marca CanaVialis. "O encerramento dessa unidade de negócios decorre da nossa decisão de focar em negócios como sementes, proteção de cultivos, biológicos e agricultura digital, nos quais estamos investindo US$ 150 milhões no Brasil em 2015", informou Rodrigo Santos, presidente da Monsanto do Brasil, em comunicado.

Cerca de 150 funcionários serão afetados. Santos afirmou, no entanto, que a empresa está buscando oportunidades de transferência para outros negócios para o maior número possível desses funcionários. "Todo funcionário que for dispensado receberá um pacote de benefícios adicional ao estabelecido legalmente", disse.

Quanto às tecnologias, a Monsanto informou que pretende prospectar entidades públicas de pesquisa para discutir possíveis transferências tecnológicas, de modo a permitir que os progressos obtidos continuem contribuindo para a cadeia da cana-de-açúcar no Brasil.

A Monsanto adquiriu do Grupo Votorantim, em novembro de 2008, a Aly Participações, que controlava as empresas de melhoramento genético e biotecnologia de cana-de-açúcar CanaVialis e Alellyx. As duas empresa foram incorporadas pela Monsanto numa operação avaliada na época em cerca de R$ 620 milhões.

ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte: Portal DBO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *