Modelo cooperativo levado a Cuba

Seguindo modelo gaúcho, Cuba quer transformar as agroindústrias de frango, leite, gado e suíno em cooperativas. A mudança será possível por meio de termo assinado entre a Ocergs e a Universidade Pinar Del Rio, em recente viagem a Cuba. ‘O país tem cooperativas para produzir, mas não para industrializar’, disse o presidente da Ocergs, Vergilio Perius, que participou do intercâmbio. Ainda não foi definido se técnicos gaúchos irão a Cuba ou se os gestores cubanos virão fazer estágio no Rio Grande do Sul.

O formato do acordo poderá avançar no próximo fim de semana, quando o presidente da Relcoop – Red Latinoamericana de Cooperativismo, Cláudio Alberto Rivera Rodriguez, do município cubano de Pinar Del Rio, estará em Caxias do Sul para participar do 3 Encontro de Presidentes e Executivos de Cooperativas (Epecoop), nos dias 8 e 9, no Hotel Samuara. Promovido pela Ocergs com o objetivo de abordar formas de inovar a gestão das cooperativas, o evento contará com painelistas e debatedores do setor agropecuário. A expectativa do presidente da Ocergs, Virgilio Perius, é receber 500 pessoas.

Os painéis serão sobre o papel do cooperativismo no desenvolvimento do RS, apresentado pelo governador Tarso Genro na abertura do encontro; gestão e governança de cooperativas, estruturação e reestruturação de sociedades cooperativas e o papel das cooperativas na atualização do modelo econômico da América Central, com case de Cuba.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *