Missão no exterior – Novacki fala a investidores estrangeiros sobre oportunidades na agropecuária

Em rodada de negócios em Londres, secretário também destaca sustentabilidade ambiental do setor

Novacki apresenta a força do agro brasileiro em Londres (Divulgação)

O secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Eumar Novacki, falou nesta quinta-feira (8) a investidores estrangeiros sobre o tema Indústria Agrícola Brasileira: Alimentando o mundo em escala e com sustentabilidade, durante a Rodada de Negócios de Investimento, realizada em Londres pela Climate Bonds. Ele destacou as oportunidades de investimentos na agropecuária brasileira e a política de sustentabilidade ambiental do setor.

Novacki chamou a atenção da necessidade de incorporar mecanismos de financiamento para continuar crescendo de forma sustentável. “O Brasil possui tecnologias testadas em operação, que necessitam de investidores. Entre elas, a agricultura de baixo carbono (ABC), o plantio direto e a integração lavoura, pecuária e floresta”. Novacki ressaltou se tratarem de “iniciativas pioneiras e mensuráveis, cientificamente e economicamente comprovadas como rentáveis e eficientes.”

Na última semana, os ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, e do Meio Ambiente, José Sarney Filho, anunciaram adesão à inciativa 20×20 na Conferência Internacional de Biodiversidade, com o compromisso de incorporar milhares de hectares com programas de agricultura de baixo carbono.

Brasil quer ampliar cooperação internacional, reforça Novacki (Divulgação)
Nesta sexta-feira (9), Novacki se encontrará com o embaixador Hermano Telles Ribeiro, representante permanente do Brasil junto aos organismos internacionais sediados em Londres: Organização Internacional do Café, Organização Internacional do Açúcar, Organização Internacional do Cacau, Conselho Internacional de Grãos, Organização Marítima Internacional, Organização Internacional de Comunicações Móveis via Satélite e a Comissão Baleeira Internacional.
A missão no Reino Unido visa promover o agronegócio para aumentar o comércio, atrair investimentos e estabelecer cooperação. E ainda demonstrar o potencial de empreendimento baseada em ciência, tecnologia e inovação em um sistema com responsabilidade social e ambiental.
De Londres, o secretário seguirá para Israel com o objetivo de fortalecer a cooperação em tecnologia para plantar em ambientes complexos, como os do Nordeste. Além de estreitar laços e retomar a relação de parceria e de comércio, ele vai tratar de tecnologias de irrigação, dessalinização e produção.
Mais informações à imprensa:
Coordenação-geral de Comunicação Social

Fonte : Mapa

Compartilhe!