Missão dada é missão cumprida

Nos esforços para convencer Pedro Parente a aceitar o desafio de comandar o conselho de administração da BRF, Abilio Diniz pediu na semana passada para Flávia Almeida, sócia da Península Participações e seu braço direito, que fosse a Londres conversar com o executivo, que cumpria agenda da Petrobras na capital britânica. Flávia estava em Paris em reuniões da rede Carrefour.

Segundo duas fontes, Flávia de fato voou e se encontrou com Parente. De volta ao Rio de Janeiro, Flávia retomou as conversas com o executivo, fundamentais para que ele dissesse o desejado "sim". As fontes disseram, também, que o nome de Parente contou com forte apoio da Petros, fundo de pensão dos funcionários da Petrobras e maior acionista da BRF.

De certa forma, o acordo, surpreendente, revelou a disposição dos emissários de Abilio Diniz de chegar a um acordo com os fundos de pensão. Fontes próximas às fundações diziam que as conversas estavam encerradas. Por outro lado, uma fonte próxima ao empresário afirmou ao Valor que buscaria um acordo até o último minuto.

Por Luiz Henrique Mendes | De São Paulo

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *