Ministro do STF defende adoção de sistema eleitoral proporcional misto

Fonte: Agência Câmara de Notícias

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli defendeu há pouco, em audiência da Comissão Especial da Reforma Política, a adoção do sistema eleitoral proporcional misto. Por esse sistema, não haverá distrito eleitoral. O eleitor votaria duas vezes: uma na lista partidária e outra no candidato da sua preferência. Dessa forma, metade dos deputados seria eleita pela lista e a outra metade pelo voto nominal.

Segundo o ministro, os críticos ao sistema proporcional misto afirmam que ele é muito complexo e que o brasileiro não saberia votar. “O brasileiro hoje é o povo mais politizado que conheço”, disse Toffoli, que é presidente da comissão de juristas criada pelo Senado para elaboração do anteprojeto de um novo Código Eleitoral.

A audiência pública da Comissão Especial de Reforma Política foi sugerida pelo deputado Waldenor Pereira (PT-BA). O debate prossegue no plenário 11.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *