Ministro da Agricultura é envolvido em nova denúncia de suposto esquema de corrupção

Presidente do Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários diz que Antônio Andrade estaria conivente com esquema de fraude em licitações

PMDB/ Divulgação

Foto: PMDB/ Divulgação

Ministro da Agricultura Antônio Andrade

Em entrevista ao Rural Notícias nesta quarta, dia 21, o presidente do Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa), Wilson Roberto de Sá, afirmou ter conhecimento de uma nova denúncia de suspeita de corrupção envolvendo o ministro da Agricultura, Antônio Andrade.
Segundo o presidente do Anffa, o caso ocorreu após a comemoração dos 30 anos do Laboratório Nacional Agropecuário de Minas Gerais (Lanagro-MG), no município de Pedro Leopoldo no último dia 12 de agosto. Na ocasião, o ministro Antônio Andrade compareceu às comemorações acompanhado dos deputados Newton Cardoso e Mauro Ribeiro Lopes, ambos do PMDB mineiro, e anunciou recursos de R$ 120 milhões para modernização dos laboratórios nacionais.
O presidente do Anffa afirmou que o caso teria ocorrido logo após a solenidade, quando as autoridades comentavam sobre a liberação de recursos para compra de equipamentos e melhorias nas instalações do laboratório.
Segundo Wilson Roberto de Sá, logo após a solenidade, o deputado Newton Cardoso teria dito ao coordenador do Lanagro-MG, Ricardo Aurélio Pinto Nascimento, que este deveria submeter a lista de fornecedores pretendidos para a modernização do laboratório ao PMDB de Minas Gerais, pois o partido indicaria os fornecedores. O coordenador do Lanagro-MG teria rebatido que não poderia fazer isto pois precisava seguir os ritos de licitação necessários para utilizar o recurso federal, ao que o ministro Antônio Andrade teria respondido: "Se o Senhor suportar a pressão, a gente contorna isso."
Durante a reunião da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados nesta quarta, dia 21, a denúncia foi repassada pelos sindicalistas para o deputado Abelardo Lupion (DEM-PR). A Comissão estava considerando convocar o ministro para comparecem à Câmara para prestar esclarecimentos sobre a polêmica nomeação do advogado Rodrigo Figueiredo para a secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério, mas desistiu. Lupion disse que, à luz desta denúncia, a Comissão poderá convocar o ministro.
– Eu fui chamado por um grupo de funcionários do ministério e eles me informaram oficialmente uma denúncia grave contra o ministro. Essa denúncia vai ser tornada pública e, assim que for, eu vou entrar com o pedido de convocação do ministro – disse o deputado Lupion.
O Ministério da Agricultura afirmou que só vai se pronunciar quando receber a denúncia formalmente.
Leia também: Funcionário da Petrobras denuncia suposto esquema de corrupção envolvendo ministro da Agricultura

CANAL RURAL

Fonte: Ruralbr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *