Ministério já vê novo recorde no valor da produção do campo

O Ministério da Agricultura ajustou para cima sua projeção para o Valor Bruto da Produção (VBP) agropecuária brasileira em 2016. Conforme levantamento divulgado ontem, o departamento de gestão estratégica da Pasta passou a prever R$ 515,24 bilhões, 1,9% mais que o estimado no início de fevereiro e montante 0,7% superior ao de 2015 (R$ 511,45 bilhões). Se confirmado, o resultado representará um novo recorde histórico.

O incremento em relação às contas do mês passado reflete correções tanto no grupo formado por 20 das principais lavouras do país quanto no composto pelos cinco principais produtos da pecuária. Mas o maior impulso veio da agricultura e acompanhou correções nas estimativas da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para a produção de grãos no país nesta safra 2015/16, que também deverá ser recorde.

No total, o ministério passou a calcular o VBP agrícola deste ano em R$ 338,634 bilhões, 2,8% mais que o cálculo para 2015 (R$ 329,43 bilhões). Para o VBP da pecuária em 2016, o ministério elevou sua previsão para R$ 176,61 bilhões, montante ainda 3% inferior ao do ano passado. Se confirmada, será a primeira queda do valor da produção do grupo desde 2009, dado o cenário menos favorável para as proteínas de origem animal em geral.

Nesse contexto, o VBP da agropecuária continuará a ser liderado pela soja em grão (R$ 123,68 bilhões, aumento de 12,3% em relação a 2015). Em seguida aparecem bovinos (R$ 75 bilhões, queda de 1%), frango (R$ 50,87 bilhões, queda de 0,1%), cana (R$ 49,19 bilhões, queda de 4,3%), milho (R$ 43,99 bilhões, alta de 3,7%) e leite (R$ 25,37 bilhões, queda de 11,1%).

As novas estimativas apontam também, que o Centro-Oeste deverá liderar o VBP da agricultura em 2016 (R$ 100,87 bilhões, alta de 5,8%), enquanto a região Sul tende a encabeçar o da pecuária (57,79 bilhões, queda de 3%).

Mais em www.agricultura.gov.br

Por Fernando Lopes | De São Paulo

Fonte : Valor

Compartilhe!