Ministério divulga plantas brasileiras habilitadas para a China

Cosulati, de Capão do Leão, está em conformidade com as exigências

Cosulati, de Capão do Leão, está em conformidade com as exigências

/COSULATI/DIVULGAÇÃO/JC

O Ministério da Agricultura divulgou ontem a lista dos estabelecimentos brasileiros habilitados para exportação de produtos lácteos para a China, conforme anúncio feito pelo governo brasileiro na terça-feira. Com a abertura do mercado a estimativa do setor é exportar US$ 4,5 milhões em produtos lácteos.

A China habilitou 24 estabelecimentos brasileiros para exportação de produtos lácteos, sendo seis plantas localizadas no Rio Grande do Sul. A certificação estava acordada com o país asiático desde 2007, mas não havia nenhuma planta brasileira habilitada a exportar.

Os chineses são os maiores importadores do mundo de lácteos. Entre os produtos que poderão ser vendidos estão leite em pó, queijos e leite condensado. Em 2018, os chineses importaram, por exemplo, 108 mil toneladas em queijos.

Confira as unidades gaúchas

  1. Cooperativa Central Gaúcha – Cruz Alta (RS) – leite em pó e creme de leite
  2. Nutrifont Alimentos (Lactalis) – Três de Maio (RS) – whey protein, soro de leite em pó e outros
  3. Lactalis do Brasil – Ijuí (RS) – leite em pó, fórmula infantil, soro de leite em pó, queijos e outros
  4. Lactalis do Brasil – Teutônia (RS) – manteiga, leite em pó, fórmula infantil e outros
  5. Cooperativa Cosulati – Capão do Leão (RS) – leite em pó
  6. Cooperativa dos Suinocultores de Encantado – Arroio do Meio (RS) – leite em pó
  7. Fonte: Jornal do Comércio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *