Ministério da Agricultura formaliza Estado como zona livre de aftosa

Comitiva do Rio Grande do Sul se reuniu nesta quarta-feira, em Brasília, com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, para a formalização do Rio Grande do Sul como zona livre da febre aftosa sem necessidade de vacinação. O governador Eduardo Leite e a ministra assinaram um termo de compromisso pela manutenção do Estado nessa condição, oficializada pelo ministério na semana passada, mediante instrução normativa.

"Fizemos questão de vir até o ministério agradecer pelo empenho dos técnicos e da ministra Tereza Cristina, porque atingir esse status de zona livre da febre aftosa era uma prioridade para o nosso governo. Esperamos que, com a certificação que confiamos que virá da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), possamos abrir novos mercados e, assim, gerar mais emprego e renda no Estado", afirmou o governador.

A ministra Tereza Cristina cumprimentou o governo estadual e os produtores rurais pela conquista e reforçou o apoio da pasta à qualificação da cadeia produtiva. O secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, também esteve no gabinete na ministra para a cerimônia da formalização.

"O foco e o esforço, a partir de agora, serão pelo reconhecimento internacional. Mostramos para o todo o Brasil que estamos preparados para o novo status e vamos mostrar para o mundo o quão forte é a nossa pecuária".

Fonte: Jornal do Comércio

Compartilhe!