Minerva retoma exportação de bois

O porto de Itaqui, na capital maranhense São Luís, fará hoje o primeiro embarque de bois vivos de sua história. Segundo a administração portuária, 5 mil animais da Minerva Foods serão destinados à Venezuela, grande importador.

Originalmente, os animais deveriam ser embarcados pelo porto de Vila do Conde, em Barcarena, no Pará. O terminal, no entanto, está interditado depois do naufrágio de um navio, no dia 6 de outubro, que matou quase 5 mil animais e provocou danos ambientais e sociais à comunidade. A carga viva, que pertencia à Minerva, era destinada ao Líbano.

A administração portuária de São Luís informou que os bois começaram a ser embarcados segunda-feira e a previsão de término é hoje. Segundo Itaqui, não há previsão de novos embarques. À época do acidente, a Companhia Docas do Pará (CDP) disse que mais 100 mil animais da Minerva já estariam contratados até o fim do ano.

A Minerva informou que sua expectativa é que o terminal em Barcarena seja liberado para operações o mais rápido possível pelas autoridades ambientais do Pará. Para chegar a Itaqui, os bois foram transportados de caminhão por quase 990 quilômetros, durante cerca de 13 horas de viagem.

Por Bettina Barros | De São Paulo
Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *