Minerva encara embargo no Irã

Quinto maior importador de carne bovina do Brasil, o Irã suspendeu as compras de carne bovina da Minerva Foods. A decisão iraniana, que entrou em vigor no último dia 10 de maio, terá validade de um mês. A Minerva é a terceira principal produtora e exportadora de carne do Brasil.

Em documento ao qual o Valor teve acesso, a certificadora Halal Iran informou na semana passada que a Minerva infringiu regras do abate halal. A produção de carne para os países muçulmanos deve ser feita segundo os preceitos islâmicos – halal significa "permitido". Procurada, a Minerva não respondeu. "Houve uma divergência de procedimento", afirmou uma fonte a par do assunto, sem detalhar qual teria sido o descumprimento no abate apontado.

Conforme dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) disponíveis no site da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), o Irã gastou US$ 92,7 milhões para importar 21,8 mil toneladas de carne bovina do Brasil. O volume importado pelo Irã representa cerca de 4,5% das exportações nacionais. Ontem, as ações da Minerva caíram 0,85% na B3, a R$ 7,04.

Por Luiz Henrique Mendes | De São Paulo

Fonte : Valor