Milho: dólar e clima seco sustentam preços em SP e saca atinge R$ 65,50

Dia de valorização para o mercado físico de milho brasileiro, respaldado nas cotações internacionais e no câmbio. Em São Paulo, o cereal atingiu a casa dos R$ 65,50 por saca, valorizando mais de R$ 1 em relação a segunda-feira.

Na B3, o vencimento para novembro/20 variou 1,52% para cima, fechando a terça-feira cotado a R$ 68,75 por saca.

Em Chicago, o contrato futuro para dezembro/20 se valorizou 1,45% no comparativo diário, atingindo os US$ 3,85, o maior valor desde março deste ano. A pressão adveio do fortalecimento do petróleo e também da escassez de chuvas no Brasil, que começa a pressionar a janela ideal de chuvas para o plantio de milho no país.

Fonte : Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *