Milho: com colheita lenta do safrinha, preços seguem estáveis

O mercado brasileiro de milho registrou preços estáveis nesta quarta-feira, 15. O dia foi moroso com a volatilidade do câmbio e o mercado segue com oferta ajustada à demanda, com a colheita ainda lenta da safrinha não trazendo maior pressão sobre as cotações.

No Porto de Santos, o preço ficou entre R$ 49 e R$ 51 a saca. No Porto de Paranaguá (PR), preço entre R$ 50 e R$ 51 a saca. No Paraná, a cotação ficou em R$ 45,50 e R$ 46,50 por saca em Cascavel. Em São Paulo, preço de R$ 48 e R$ 50 na Mogiana. Em Campinas CIF, preço de R$ 50 a 51,50 a saca.

No Rio Grande do Sul, preço ficou em R$ 50 e R$ 51,00 a saca em Erechim. Em Minas Gerais, preço em R$ 46,50 e R$ 48 a saca em Uberlândia. Em Goiás, preço esteve em R$ 40,00 – R$ 41,00 a saca em Rio Verde – CIF. No Mato Grosso, preço ficou a R$ 34,50 e R$ 35,50 a saca em Rondonópolis.

Por Agência Safras

Fonte: Canal Rural