MERCADO – Soja em Chicago registra maior valor em quatro anos; veja notícias desta sexta

Na pecuária, arroba do boi gordo tem mais uma rodada de baixas em metade das praças pesquisadas pela Scot Consultoria

Boi: arroba cai mais R$ 2 em São Paulo, diz Scot Consultoria

  • Milho: preços caem no Rio Grande do Sul e voltam a subir em São Paulo

  • Soja: Chicago ultrapassa US$ 12 por bushel pela primeira vez em mais de 4 anos

  • Café: cotações ficam estáveis no Brasil e no exterior

  • No Exterior: bolsas seguem em alta apesar de dúvidas sobre acordos

  • No Brasil: Ibovespa volta a encostar próximo dos 120 mil pontos

Agenda:

  • Brasil: dados das lavouras do Mato Grosso (Imea)

  • Brasil: nota do setor externo de novembro (Banco Central)

  • EUA: transações correntes no terceiro trimestre

Boi: arroba cai mais R$ 2 em São Paulo, diz Scot Consultoria

A Scot Consultoria registrou mais R$ 2 de queda na arroba negociada em São Paulo. Dessa forma, o preço bruto e à vista passou de R$ 257 para R$ 255. De acordo com a empresa, os frigoríficos permanecem fora das compras e têm escalas de abate em nível confortável. Ainda assim, para as boiadas que atendem ao mercado externo, os preços chegam até a ser R$ 5 por arroba maiores.

No mercado futuro, as cotações seguiram em alta e subiram pelo quarto dia consecutivo. Dessa forma, o contrato com vencimento para dezembro voltou a ficar acima do preço observado no mercado físico. O ajuste do dezembro passou de R$ 255,65 para R$ 259,40.

Milho: preços caem no Rio Grande do Sul e voltam a subir em São Paulo

De acordo com a consultoria Safras & Mercado, a comercialização do milho segue lenta e com reduzido ritmo de negócios. A oferta é escassa, mas o interesse na compra também é menor, com empresas fechadas até a virada do ano.

No levantamento diário de preços da consultoria, as cotações recuaram no Rio Grande do Sul, mas voltaram a subir em São Paulo. O mercado paulista teve preços mais firmes em comparação a outras praças desde o início das baixas observadas a partir da segunda quinzena de novembro. Em Campinas (SP), a saca passou de R$ 75 para R$ 76 e em Erechim foi de R$ 82 para R$ 81.

Soja: Chicago ultrapassa US$ 12 por bushel pela primeira vez em mais de 4 anos

O contrato para março da soja em Chicago, o mais negociado atualmente, ultrapassou os US$ 12 por bushel pela primeira vez desde o dia 10 de junho de 2016. Foi a primeira vez que um vencimento da oleaginosa na bolsa de Chicago fechou acima deste patamar desde julho de 2014. O impulso do mercado veio do forte resultado das exportações norte-americanas e da preocupação com o clima no Brasil.

Apesar do forte avanço no exterior, os preços internos não reagiram e ficaram entre estáveis e mais baixos de acordo com a Safras & Mercado. Em Passo Fundo (RS), a saca passou de R$ 140 para R$ 139 e em Rio Verde (GO) foi de R$ 141 para R$ 135.

Café: cotações ficam estáveis no Brasil e no exterior

O café arábica teve um dia morno de negociação tanto no mercado físico brasileiro quanto nos futuros negociados no exterior. Na bolsa de Nova York, o contrato para março fechou exatamente no mesmo ponto que no dia anterior cotado a US$ 1,2660 por libra-peso.

No Brasil, mesmo com o dólar voltando a testar valores próximos a R$ 5,05, o indicador do café arábica do Cepea baixou de R$ 608,32 para R$ 606,64, apenas uma leve queda de 0,28%. No acumulado do mês de dezembro, os preços recuaram 0,1%.

No Exterior: bolsas seguem em alta apesar de dúvidas sobre acordos

A maior parte dos índices das bolsas europeias operam novamente em alta, enquanto os norte-americanos ficam estáveis mas com viés positivo, apesar das dúvidas sobre os acordos monitorados pelo mercado. Em relação à negociação comercial entre Reino Unido e União Europeia, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, jogou um balde de água fria nas perspectivas positivas e afirmou que o acordo parece improvável no momento.

Nos Estados Unidos, apesar de o novo pacote de US$ 900 bilhões ter avançado, as dúvidas permanecem em virtude do prazo apertado para aprovação. Do lado positivo, nesta quinta-feira, um painel de aconselhamento da Food and Drug Administration (FDA), agência norte-americana que regula medicamentos, anunciou decisão favorável à aprovação para uso emergencial da vacina produzida pela farmacêutica Moderna.

No Brasil: Ibovespa volta a encostar próximo dos 120 mil pontos

O índice Ibovespa chegou a romper os 119 mil pontos e ficou próximo da máxima histórica registrada esse ano antes da pandemia em 119.534,80 pontos. O otimismo com as empresas brasileiras segue tendo impulso com o fluxo de capital estrangeiro que apareceu muito forte em novembro e segue firme, por enquanto, no mês de dezembro.

Ontem, quinta-feira, 17, o Banco Central divulgou seu Relatório Trimestral de Inflação. A autoridade monetária atualizou a projeção de queda do PIB em 2020 de -5,0% para -4,4%, mas reduziu a alta para 2021 de 3,9% para 3,8%. Em relação à inflação, a projeção do BC para o IPCA no cenário básico está em 4,3% para 2020 e em 3,4% em 2021 e 2022.

Por Felipe Leon, com agências de notícias

Fonte : Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *