MERCADO – As notícias que você precisa saber agora para começar bem a sexta-feira

Preço do boi gordo, alta na cotação do milho e da soja e tendências para o dólar estão entre as informações importantes de hoje, confira!

19 de junho de 2020 às 08h29

Por Por Felipe Leon, com agências de notícias

  • Dólar recua ante moedas emergentes na abertura do dia
  • Soja em alta já chega a R$ 116 no Porto de Rio Grande, registra Safras & Mercado

  • Mercado de milho tem sustentação mesmo com aumento de volume de ofertas, aponta Agrifatto

  • Boi gordo atinge R$ 205 à vista em São Paulo, maior patamar desde início de dezembro do ano passado

  • Dólar mais alto sustenta preços de café no Brasil de acordo com a Safras & Mercado

Agenda:

  • Imea divulga dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso

  • Ministério da Agricultura da Argentina divulga andamento das lavouras no país

Dólar recua ante moedas emergentes na abertura do dia

Dólar operava em baixa ante as moedas emergentes às 7h49 (horário de Brasília) seguindo melhora de humor dos investidores nesta sexta-feira. Com agenda de indicadores esvaziada, mercados continuam monitorando casos de coronavírus nos Estados Unidos e China.

No país asiático, autoridades prometeram novas medidas de aumento de liquidez para o sistema financeiro e colaboraram para a melhora do otimismo. Futuros das bolsas americanas e bolsas europeias operam em alta. Esses movimentos podem ajudar o real a ter abertura um pouco mais positiva que nos últimos dias.

Soja em alta já chega a R$ 116 no Porto de Rio Grande, registra Safras & Mercado

A Consultoria Safras & Mercado registra nova alta da soja no Porto de Rio Grande chegando a R$ 116. De acordo com o Estadão Conteúdo, a nova desvalorização do real foi responsável pela elevação dos preços e tem estimulado alguns negócios, apesar de os vendedores preferirem aguardar novas valorizações.

No exterior, ainda de acordo com o Estadão Conteúdo, os traders têm aguardado novas vendas da soja americana para a China e seguem atentos ao clima nos Estados Unidos. Apesar da alta do dólar contra o real, os preços subiam em Chicago nesta sexta-feira, 19, às 7h40.

Mercado de milho tem sustentação mesmo com aumento de volume de ofertas, aponta Agrifatto

De acordo com a Agrifatto Consultoria, o mercado de milho continua sustentado, com ofertas em São Paulo ao redor de R$ 47 por saca, mesmo com maior volume de oferta. Além disso, a colheita ainda está no início e há muito cereal para entrar no mercado nos próximos dias.

Na Bolsa de Chicago, as cotações operavam em alta às 7h24 em praticamente toda a curva e seguindo cenário mais positivo para os preços do petróleo que também subiam no mesmo horário.

Boi gordo atinge R$ 205 à vista em São Paulo, maior patamar desde início de dezembro do ano passado

De acordo com levantamento da Scot Consultoria, o preço do boi gordo atingiu R$ 205 no estado de São Paulo, à vista e descontado os impostos. Este é o maior patamar desde o dia 10 de dezembro do ano passado. Apesar de a segunda quinzena do mês ser conhecida por desaceleração do consumo, os preços têm se mantido firmes com cenário positivo para exportações e diminuição dos estoques nas indústrias.

Dólar mais alto sustenta preços de café no Brasil de acordo com a Safras & Mercado

De acordo com a consultoria Safras & Mercado, as cotações no mercado físico brasileiro de café foram sustentadas pela forte alta do dólar, em contraponto à queda do café arábica na bolsa de Nova York. Ainda assim, a consultoria aponta um mercado bem movimentado, mas com menor volume negociado.

Em Nova York, as cotações ensaiam alguma recuperação e negociavam em alta às 7h46, após atingir os níveis mais baixos em 8 meses, de acordo com registros do Estadão Conteúdo.

Fonte : Canal Rural

Compartilhe!