Mendes tenta rever vetos na Argentina

Missão busca solução para protecionismo que prejudica exportações

 Ministro participa de reunião na sexta-feira em Buenos Aires<br /><b>Crédito: </b>  pedro revillion/ cp memória

Ministro participa de reunião na sexta-feira em Buenos Aires
Crédito: pedro revillion/ cp memória

O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, vai à Argentina na sexta-feira tentar reverter as medidas protecionistas adotadas desde fevereiro e que estão prejudicando as exportações brasileiras. Com a exigência de licença não automática e declaração jurada antecipada para cargas vindas do Brasil, os embarques de carne suína, por exemplo, registraram queda de 84,97% em volume embarcado (478 toneladas) e 84,16% em receita (1,51 milhão de dólares) no mês passado. E foi ao setor suinícola que o ministro prometeu, no início deste mês, antecipar a viagem agendada para abril. A missão também vai ao encontro da promessa feita pela presidente Dilma Rousseff na Festa da Uva de proteger a indústria nacional.
Segundo o secretário de Relações Institucionais do Agronegócio do Mapa, Célio Porto, o primeiro passo será buscar solução através do diálogo. "O governo argentino alega dificuldades cambiais. Vamos mostrar que a balança é extremamente favorável para eles." Porto já tem preparado levantamento para exemplificar: no ano passado, enquanto Brasil embarcou 748 milhões de dólares em produtos agrícolas e processados, a Argentina exportou 4,12 bilhões de dólares entre trigo, arroz, frutas, vinho e lácteos, entre outros. Considerando somente o trigo, entraram mais de 4 milhões de t, totalizando 1,5 bilhão de dólares. Os dados serão apresentados ao ministro da Agricultura argentino, Norberto Yauhar, em Buenos Aires. O secretário não descartou a adoção de salvaguardas caso a negociação seja infrutífera.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *