Mendes Ribeiro apresenta documento oficial para a Rio+20

Texto apresenta 10 premissas e entre elas estão: qualidade do alimento, associativismo e cooperativismo e liberação dos mercados agrícolas

por Agência Brasil

Valter Campanato/ABr

O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho anuncia documento oficial do setor agropecuário para a Rio+20 (Valter Campanato/ABr)

O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, apresentou nesta quarta-feira (6/6) o documento oficial de sua pasta para a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. Segundo o ministro, o evento “tem uma tarefa educacional muito grande” e o país sairá da conferência “muito mais forte, mais consciente da economia verde”.
Mendes Ribeiro disse que o Brasil tem enorme prestígio internacional na área agropecuária e que 40 ministros da Agricultura de todo o mundo já confirmaram presença na Rio+20. Entre eles, 12 marcaram reuniões bilaterais com o ministro para tratar de interesses mútuos.
O documento, chamado Contribuição da Agropecuária Brasileira na Construção de uma Sociedade sem Fome e sem Miséria e de uma Economia Sustentável, tem dez premissas: qualidade do alimento, associativismo e cooperativismo, liberalização dos mercados agrícolas, universalização da segurança alimentar, assistência técnica e extensão rural, biotecnologia, agricultura orgânica, sustentabilidade da matriz energética, sistemas agroflorestais e agricultura de baixo carbono.
Entre os destaques que já fazem parte da atuação do ministério para a sustentabilidade econômica, social e ambiental, Mendes Ribeiro citou a Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica e o Plano Agricultura de Baixo Carbono, que pretende reduzir a emissão de gases de efeito estufa na próxima década entre 125 milhões e 156 milhões de toneladas de gás carbônico equivalentes.
“O Brasil construiu um consenso maduro e democrático sobre ideias e marcos legais envolvendo meio ambiente eprodução rural. A realização da Rio+20 coroa esse processo, ao mesmo tempo que representa um passo decisivo para o futuro do planeta”, escreveu o ministro na apresentação do documento, de 16 páginas, com o título Compromisso com a Humanidade.

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *