Meio ambiente – Presidente da CNA participa do II SIGEE

Campo Grande / Mato Grosso do Sul (06/06/2016) – O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil – CNA, João Martins da Silva Junior, referência nacional no setor agropecuário, participará do II SIGEE – Simpósio Internacional sobre Gases de Efeito Estufa na Agropecuária, que será realizado entre os dias 07 e 09 de junho, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo. A abertura contará com a participação do presidente do Sistema FAMASUL- Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul, Mauricio Saito.

A liderança rural falará sobre a importância do setor no desenvolvimento nacional e dos desafios sustentáveis. O II SIGEE é promovido pelo Sistema FAMASUL  e pela Embrapa Gado de Corte – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, em parceria com diversas instituições públicas e privadas. A finalidade do simpósio é compartilhar novos conhecimentos sobre a dinâmica de gases de efeito estufa na agropecuária brasileira.

Durante o evento, os resultados mais recentes das pesquisas realizadas no Brasil pela Embrapa e parceiros serão apresentados. Com a participação de cientistas brasileiros e estrangeiros, o painel de abertura na terça-feira contará com o presidente do Sistema FAMASUL, Mauricio Saito; com o presidente da Embrapa, Maurício Lopes; o superintendente de Ciência e Tecnologia do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Renato Roscoe; e o ex-ministro da Agricultura e agrônomo, Allyson Paolinelli.

O desenvolvimento sustentável é o tema central neste dia 7. Durante os dias 8 e 9, mitigação, adaptação às mudanças climáticas, fluxo de gases de efeito estufa e políticas públicas estão em debate, em palestras e nos 127 trabalhos científicos, enviados por especialistas de diversas regiões do País e América Latina.

A abertura oficial terá a presença de representantes de instituições públicas e privadas, entre elas, o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins. Na ocasião serão assinados relevantes acordos de cooperação técnica com foco no desenvolvimento de estudos relacionadas a GEEs e sistemas produtivos.

O II Simpósio Internacional sobre Gases de Efeito Estufa na Agropecuária é realizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e Sistema FAMASUL, com patrocínio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural- SENAR, Sicredi e Reflore MS. O evento tem ainda o apoio da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundect), Rede ILPF, Unipasto, Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC), Sistema OCB/MS, Fiems, Instituto Senai, Sebrae, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e WRI Brasil.
Sobre o Sistema FAMASUL – O Sistema FAMASUL (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) é um conjunto de entidades que dão suporte para o desenvolvimento sustentável do agronegócio e representam os interesses dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul. É formado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar), Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja/MS) e pelos sindicatos rurais do Estado.

O Sistema FAMASUL é uma das 27 entidades sindicais que integram a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Como representante do homem do campo, põe seu corpo técnico a serviço da competitividade da agropecuária, da segurança jurídica e da valorização do homem do campo. O produtor rural sustenta a cadeia do agronegócio, respondendo diretamente por 17% do PIB sul-mato-grossense.
Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul – FAMASUL

Fonte : Canal do Produtor