Meio ambiente – Com cem dias para término do prazo do CAR/MS, Sistema FAMASUL intensifica ações de orientação aos produtores

Campo Grande / Mato Grosso do Sul (26 de janeiro de 2016) – Faltam apenas cem dias para que o produtor rural brasileiro faça a inscrição do CAR – Cadastro Ambiental Rural, como prevê o novo Código Florestal Brasileiro. Em Mato Grosso do Sul, das aproximadamente 80 mil propriedades rurais que precisam aderir à legislação ambiental, apenas 14% já efetivaram o cadastramento das informações sobre o CAR.

Para que o produtor rural e profissionais do segmento fiquem atentos ao prazo, que termina no dia 05 de maio deste ano, o Sistema FAMASUL – Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul instalou um cronômetro em seu portal de informações – www.famasul.com.br. Em contagem regressiva, o relógio contabiliza quanto tempo ainda falta para o término do prazo.

Além disso, a FAMASUL, o SENAR/MS – Serviço de Aprendizagem Rural, uma das instituições que compõe o Sistema FAMASUL, e o Imasul – Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul iniciam esta semana um percurso de palestras e capacitação sobre o tema em municípios de Mato Grosso Sul, para tirar as dúvidas dos produtores rurais e profissionais da área. "A nossa meta é percorrer todo o Estado até o final de fevereiro", salienta a consultora técnica do Sistema FAMASUL, Daniele Coelho.

O 1º Treinamento Regional do CAR/MS acontecerá em São Gabriel do Oeste nesta terça-feira (26), a partir das 08h, no Centro de Pesquisa do Sindicato Rural do município. No dia 28 de janeiro, o mesmo evento será realizado no Sindicato Rural de Corumbá. Na programação consta a palestra do instrutor do SENAR/MS – Serviço de Aprendizagem Rural, Daniel Ingold e do gerente de recursos florestais do Imasul,  Osvaldo dos Santos.

O Sistema FAMASUL divulgou também em seu portal de informações a Cartilha Perguntas e Respostas – Novo Código Florestal e Cadastro Ambiental Rural , com objetivo de esclarecer as dúvidas dos produtores rurais sobre o preenchimento do CAR/MS . A cartilha é  uma das ações do programa Radar Ambiental, composto também por palestras direcionadas aos sindicatos rurais, treinamentos regionais e  divulgação de vídeos educacionais.

Para a consultora do Sistema FAMASUL, Daniele Coelho, o acesso à informação é o melhor caminho para que o produtor rural se sinta seguro ao preencher o CAR.  "Nossa orientação é que o produtor rural não deixe para realizar o preenchimento do CAR/MS muito próximo ao prazo final, quanto antes melhor, e sempre consultar um profissional habilitado", orienta. O preenchimento do CAR/MS é obrigatório e o responsável pelas informações para a inscrição no CAR é o declarante, ou seja, o proprietário ou o posseiro, porém há a necessidade de um responsável  técnico.

Sobre o CAR – Para cadastrar suas informações, o produtor rural de Mato Grosso do Sul deve utilizar o CAR-MS, que é integrado ao SICAR, no qual deverá apresentar os dados ambientais de sua propriedade rural no Estado. O sistema já  está disponível para inscrições no site do Imasul – Instituto de Meio Ambiente de MS (http://www.imasul.ms.gov.br/). O produtor rural que não se inscrever no CAR-MS até a data limite constará como irregular, podendo ficar impedido de obter licenciamento ambiental, financiamentos e até mesmo restrições na comercialização.

Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul – FAMASUL
famasul.com.br

Fonte : Canal do Produtor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *