Medida provisória vai sugerir novo refis para dívidas do Funrural

Bancada do agro, no entanto,  ainda espera solução para o impasse até o fim do ano

Informações dos bastidores políticos, apuradas pelo jornal Valor Econômico, garantem que o novo secretário da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto, já prepara uma nova medida provisória para abrir mais uma proposta de refis que renegocie dívidas do Funrural, estimadas em R$ 11 bilhões.

A MP, que deve ser editada nas próximas semanas, teria o apoio do ministro da Economia, Paulo Guedes, e vai sugerir que produtores de todo país façam adesão ao refis ainda este ano e comecem a pagar as dívidas em parcelas mensais a partir de janeiro de 2020, nos padrões do último modelo vigente.

A ideia é que o novo refis também ofereça descontos sobre juros e multas incidentes sobre as dívidas com o Funrural e dê até 15 anos para devedores pagarem seus débitos.

A equipe do Canal Rural entrou em contato com o deputado federal Jerônimo Goergen, integrante da Frente Parlamentar da Agropecuária, que participou de reuniões em que o ministro Paulo Guedes  teria considerado a possibilidade de perdoar ou trabalhar com descontos altos das dívidas de produtores rurais. Goergen nos enviou um vídeo onde fala que a bancada do agro espera uma definição para o impasse até o fim do ano.

Fonte: Canal Rural

04 de novembro de 2019 às 20h23

Por Canal Rural