Marketing é investimento

A Associação Brasileira de Angus (ABA) tem um dos melhores programas de certificação de carne bovina do país. O marketing da carne angus, por sua vez, distingue-se dos de outras raças pela criatividade e ousadia. A certificação de estabelecimentos que vendem o produto, e o treinamento do pessoal que trabalha diretamente com os consumidores, são um passo adiante no sentido de transformar uma commodity em produto nobre com nome próprio.
Não é por acaso que a procura por genética da raça aumentou 300% desde 2003, segundo a ABA, e que a carne angus conseguiu entrar para a rede McDonald’s brasileira.
Vinho, cerveja, arroz, erva-mate, leite, sucos e tantos outros produtos do agronegócio têm nome e procedência conhecidos. Uma identidade própria. Por que a carne não deveria ter? Não só pode, como deve. Claro que campanhas de marketing não são baratas. Mas, com alguma criatividade, bem focadas em seu público-alvo, como essa da carne angus, podem custar menos do que se imagina. E, ainda assim, têm de ser vistas como investimento.

Fonte: Zero Hora | OLHAR DO CAMPO | Irineu Guarnier Filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *