Mapa investiga frigoríficos

A suspensão das importações de tripas por parte do serviço sanitário russo, o Rosselkhoznadzor, pela presença de resíduos de ractopamina, um indutor de crescimento, levou a Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura (Mapa) a abrir uma investigação junto aos frigoríficos para apurar se de fato está ocorrendo o uso ilegal da substância em bovinos. Ao mesmo tempo, o governo brasileiro suspendeu a liberação de certificados para exportação de tripas ao mercado russo, enquanto aguarda informações sobre os exames laboratoriais feitos naquele país. De acordo com o ministério, até o momento o governo brasileiro não recebeu comunicado oficial da Rússia.

Para o superintendente do Mapa no Estado, Francisco Signor, a exigência russa em relação à ractopamina tem fundo mais comercial do que sanitário, para dificultar o ingresso da carne.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *