Mapa autoriza adesão do Estado ao Suasa

Fonte: Corrreio do Povo

Termo que fortalece agroindústria deve ser assinado durante a Expointer

Meta da Seapa é adequar 340 estabelecimentos registrados no Cispoa<br /><b>Crédito: </b> Filipe faleiro machado / cp memória

Meta da Seapa é adequar 340 estabelecimentos registrados no Cispoa
Crédito: Filipe faleiro machado / cp memória

O Rio Grande do Sul recebeu ontem o aval do Ministério da Agricultura (Mapa) para adesão ao Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa). Com o parecer favorável, que veio após três dias de auditoria do Mapa, nesta semana, agroindústrias e municípios poderão vender seus produtos para todo o país. A habilitação deve ser oficializada na Expointer 2011, através da assinatura de termo pelo ministro Wagner Rossi e pelo governador Tarso Genro. De acordo com o secretário da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, além de ampliar mercado para agroindústrias, a medida resulta em produtos de maior qualidade para o consumidor.
A Granja Pinheiros, de Presidente Lucena, que recebeu vistoria técnica, dará a largada gaúcha ao programa regulamentado em 2006 e coordenado pela União, com participação de municípios e estados, por meio de adesão. Atualmente, somente Bahia, Paraná e Minas Gerais e os municípios gaúchos de Erechim, Santa Cruz do Sul e Rosário do Sul têm reconhecida a equivalência da inspeção. A meta da Seapa é, em cinco anos, adequar os 340 estabelecimentos registrados no Cispoa, além de realizar auditorias nos 202 Serviços de Inspeção Municipal (SIM).
Contudo, para que isso seja possível, o atual quadro de 1.300 servidores do Departamento de Defesa Agropecuária (DDA) terá de ser ampliado. "Sanidade só se garante através de pessoal qualificado", disse o diretor do DDA, Eraldo Marques, lembrando que, nos próximos 30 meses, 40% dos servidores estarão em condições de se aposentar. Conforme a diretora do Cispoa, Ângela de Souza, a equivalência foi possível pelo equacionamento de falhas como o controle de fraudes e credenciamento de laboratórios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *