Maior disponibilidade de gado impulsiona resultados da JBS

A maior disponibilidade de gado para abate no Brasil impulsionou os resultados da JBS no segundo trimestre deste ano, revertendo as perdas do mesmo período de 2011. Entre abril e junho, a companhia registrou um lucro líquido (atribuído aos acionistas da empresa controladora) de R$ 169,4 milhões, ante prejuízo de R$ 180,7 milhões um ano antes.

No mesmo período, a receita líquida da companhia atingiu R$ 18,4 bilhões, aumento de 15,3% sobre o mesmo intervalo do ano passado. Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) da JBS saltou 45,4%, para R$ 1,012 bilhão. A margem Ebitda passou de 4,3% para 5,5%.

A JBS informou, ainda, que encerrou o segundo trimestre com uma dívida líquida de R$ 15,2 bilhões, dos quais 23% com vencimento no curto prazo. A alavancagem (medida pela relação entra a dívida líquida e o Ebitda) chegou a 4,27 vezes, ante 4,3 vezes no trimestre imediatamente anterior.

O desempenho da JBS está diretamente ligado às operações de bovinos da companhia no Brasil, onde a maior oferta de gado para abate e provocou uma queda de 6% nos preços boi gordo entre abril e junto, segundo o Cepea.

Com isso, a receita líquida da JBS Mercosul, unidade que contempla as operações da empresa no Brasil, saltou 19,4% na comparação anual, para R$ 4,3 bilhões. Já o Ebitda da divisão avançou 47,3%, para R$ 630,3 milhões. Enquanto isso, a margem Ebitda da JBS Mercosul passou de 13,3% para 14,6%.

A JBS contou, ainda, com a recuperação da Pilgrim’s Pride, unidade de frango nos EUA. Depois anular os lucros da companhia no ano passado, a Pilgrim’s contribuiu com Ebitda de US$ 152,7 milhões no segundo trimestre de 2012, ante uma perda de US$ 47,6 milhões no mesmo período do ano passado. A receita líquida da unidade permaneceu estável, em US$ 1,9 bilhões.

Mas o contexto de recuperação da operação de frango nos EUA pode ter ficado para trás. A Pilgrim’s terá de lidar com a alta dos grãos. Segundo a companhia, os efeitos dessa pressão de custos serão sentidos no último trimestre do ano.

A operação de carne bovina nos Estados Unidos, por sua vez, prejudicou os resultados da JBS no segundo trimestre deste ano. No período, a divisão JBS USA obteve uma receita líquida de US$ 4,2 bilhões, 7,6% superior ao mesmo trimestre de 2011 O Ebitda da unidade, por sua vez, ficou negativo em US$ 9,1 milhões, ante um resultado positivo de US$ 44,7 milhões um ano antes. (LHM)

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/empresas/2789346/maior-disponibilidade-de-gado-impulsiona-resultados-da-jbs#ixzz23cZ1QHL7

Fonte: Valor | Por De São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *