Maia diz que relator do Código Florestal não pode retirar dispositivo aprovado pela Câmara e pelo Senado

Presidente da Câmara afirmou que tende a acatar requerimento para que Paulo Piau reponha no seu substitutivo o artigo que trata da recuperação das áreas de rios

José Cruz/ABr

Foto: José Cruz/ABr

Marco Maia disse que opiniões dos líderes partidários foram “antagônicas e até radicalizadas" em relação ao Código Florestal

O presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), disse no fim da noite dessa terça, dia 24, após reunir-se com os líderes partidários em busca de um entendimento para a votação do novo Código Florestal, que os participantes da reunião não chegaram a um acordo sobre a matéria. Segundo ele, as opiniões foram “antagônicas e até radicalizadas em relação ao tema”.

Marco Maia afirmou que tende a acatar requerimento para que o relator Paulo Piau (PMDB-MG) reponha no seu substitutivo o artigo que trata da recuperação das áreas de rios, aprovada pela Câmara e depois pelo Senado.

– Essa questão da recuperação de 15 metros [às margens dos rios] foi aprovada tanto na Câmara como no Senado. O tema, portanto, não pode estar fora do texto nem ser desconsiderado. Agora haverá debate em relação a essa matéria – concluiu Maia.

Fonte: Ruralbr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *