Lucro da Camil cresceu 28% no trimestre

A brasileira Camil Alimentos, a maior beneficiadora de arroz, açúcar e pescados da América do Sul, registrou no trimestre encerrado em 30 de novembro passado, equivalente ao 3º trimestre do exercício de 2015, um lucro líquido de R$ 27,6 milhões, 28% acima dos R$ 21,5 milhões registrados no mesmo trimestre de 2014.

Os dados trimestrais apresentados pela empresa não distinguem o desempenho das operações dentro e fora do país. Mas no acumulado dos nove meses do exercício – período em que essa distinção está disponível -, foram os negócios internacionais que evitaram uma maior queda do resultado. De março a novembro de 2015, a companhia teve um lucro líquido consolidado de R$ 93,591 milhões, 2,1% abaixo do obtido em igual período de 2014. Desse resultado, o mercado brasileiro respondeu por R$ 53,6 milhões, queda de 5,8% ante o lucro dos mesmos nove meses de 2014. Já os negócios fora do Brasil, todos na América do Sul, foram 4,7% maiores (R$ 39,7 milhões).

A Camil teve no trimestre uma receita líquida consolidada 22,9% maior (R$ 1,143 bilhão) e um lucro bruto 34,3% superior (R$ 278 milhões). No acumulado do exercício, a receita líquida cresceu 13,7% (R$ 3,130 bilhões) e o resultado bruto, 15% (R$ 759 milhões) – no mercado brasileiro subiu 9,8% (R$ 2,1 bilhões) e no exterior, 23% (R$ 1,080 bilhão).

A companhia, que tem um fundo do Gávea Investimentos como acionista com 31,75%, tem dez unidades de beneficiamento de grãos no Brasil, dez no Uruguai, três no Chile, duas no Peru e uma na Argentina, além de duas plantas de processamento de pescados e quatro unidades de processamento de açúcar – sendo duas próprias e duas subcontratadas, localizadas no Brasil.

No fim de novembro passado, o endividamento financeiro da Camil havia crescido 21,6% em relação a fevereiro do mesmo ano, para R$ 1,574 bilhão. Desse total, R$ 573,461 milhões tinham vencimento no curto prazo, aumento de 68,5% em igual comparação.

Por Fabiana Batista | De São Paulo
Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *