Los Grobo Ceagro investe e expande operações no país

Claudio Belli/Valor / Claudio Belli/Valor
Paulo Fachin, presidente da Los Grobo Ceagro do Brasil: faturamento deverá crescer pelo menos 35% em 2012/13

A Los Grobo Ceagro do Brasil, que representa quase metade do faturamento total do grupo agrícola argentino Los Grobo, continua a acelerar seu ritmo de crescimento no país. Após anunciar, em janeiro, a venda de uma participação de 20% em seu capital social à japonesa Mitsubishi Corporation, por um valor não revelado, a companhia acaba de adquirir uma empresa de insumos no oeste da Bahia, inaugura hoje uma unidade de fertilizantes no Maranhão e planeja investimentos de quase R$ 50 milhões nos próximos anos nas áreas de armazenagem e logística.

Segundo Antonio Frias Oliva Neto, principal executivo da área financeira (CFO) do Los Grobo e vice-presidente executivo do braço brasileiro, são investimentos que se complementam e que certamente vão acelerar o ritmo de expansão no Brasil. Nesta safra 2011/12, que terminará "oficialmente" em junho, o faturamento da Ceagro deverá somar cerca de US$ 430 milhões, acima dos R$ 610 milhões de 2010/11, e para o ciclo 2012/13 a expectativa é de um incremento de pelo menos 35%.

Para cumprir a meta, a ampliação dos negócios na área de insumos já contará com o reforço da Synagro, sediada em Luís Eduardo Magalhães e uma das principais comercializadoras de sementes, fertilizantes e defensivos do oeste baiano, região de Cerrado forte em grãos e algodão. O valor da aquisição também não foi revelado, mas Oliva Neto informa que a empresa faturou R$ 40 milhões em 2011. Os sócios fundadores da Synagro e a marca da companhia continuam no negócio.

"Trata-se de uma das cinco maiores empresas com esse perfil do oeste da Bahia. Integrada à nossa expertise na comercialização de grãos, esse faturamento será multiplicado. A aquisição está em linha com a nossa estratégia de sermos um agente consolidador nesse segmento na região, que é muito dinâmica", afirma. Ou seja, novas aquisições estão no radar.

Ainda na área de insumos, outro reforço da Los Grobo Ceagro do Brasil é a unidade de mistura de adubos que será inaugurada hoje em São Luís, capital maranhense, fruto de investimento da Península Norte, joint venture criada em conjunto com a parananense Península Fertilizantes. Paulo Fachin, presidente da Ceagro, informa que a planta foi erguida em 18 meses, absorveu aporte de R$ 17 milhões e tem capacidade de mistura de 260 mil toneladas por ano. "É outro investimento estratégico. Está um passo atrás na cadeia produtiva e nos permitirá acesso direto ao pacote de custos dos agricultores", complementa Oliva Neto.

Se as novidades na Bahia e no Maranhão seguem a lógica inicial do Los Grobo de ganhar espaço no Brasil nas "novas fronteiras" de Cerrado dos Estados do Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia – que ganharam a alcunha de "Mapitoba" entre agentes do setor -, o planejamento para armazenagem fortalece a expansão do grupo em Mato Grosso, que lidera a produção brasileira de soja.

Com os R$ 28 milhões já aprovados para investimentos nesta frente, serão construídos dois armazéns, um em Tocantins e outro em Mato Grosso. Ambos terão capacidade estática conjunta para 90 mil toneladas, ante uma capacidade existente – e concentrada no "Mapito" e em Goiás – de 450 mil toneladas. Mas Oliva Neto disse que ainda haverá novos investimentos em armazenagem e em melhorias nos acessos da companhia a portos, especialmente no Norte e no Nordeste. Assim, os aportes nessas áreas deverão alcançar R$ 50 milhões em 2012/13.

Fonte: Valor | Por Fernando Lopes | De São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *