Limites para o desembarque do trigo

Lideranças dos produtores de trigo do Rio Grande do Sul e Paraná, que juntos representam 90% da safra nacional, apelaram ontem ao ministro da Agricultura, Antônio Andrade, para tentar conter a importação de novas cargas livre de TEC. De acordo com o presidente da Farsul, Carlos Sperotto, Andrade disse que foi voto vencido na Camex, mas prometeu interceder em favor dos agricultores emitindo nota técnica endereçada à Câmara para que o desembarque do trigo importado seja feito nos portos do Nordeste, evitando concorrência direta com a safra gaúcha.

A reunião, realizada no Ministério da Agricultura (Mapa) a portas fechadas, também contou com a presença do presidente da Federação da Agricultura do Paraná, Ágide Meneguette. O Mapa não se manifestou sobre o assunto. Sperotto considera que o encaminhamento ‘vai atenuar o descontentamento dos produtores’ e que é um indicativo de avanço nas tratativas, já que o ideal seria a revogação da medida. Nos próximos dias, Farsul, Fecoagro, Fetag e cooperativas gaúchas farão reunião para tratar do assunto. A CNA também vai solicitar aos ministros Gleisi Hoffmann e Fernando Pimentel a revogação da medida.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *