LEVANTAMENTO – Vendas de café da safra 2018/2019 seguem atrasadas no Brasil

A consultoria Safras&Mercado estima que até a última terça-feira, 95% do produto tinha sido comercializado, contra 97% no ciclo anterior

café, secagem, terreiroAs vendas do café arábica alcançaram 94% da safra, já as de conilon, 98% – Foto: Governo Federal

A comercialização da safra de café no Brasil 2018/2019 (julho/junho) está atrasada na comparação com o ano passado. Segundo a consultoria Safras&Mercado, as vendas atingiram 95% até a última terça-feira, dia 9, contra 97% na safra anterior. Os negócios também estão abaixo da média dos últimos cinco anos, de 98% para esta época. Com isso, já foram comercializadas 61,02 milhões de sacas, tomando por base a estimativa da empresa de safra de café brasileira de 64,1 milhões de sacas.

Segundo o consultor da Safras Gil Barabach, a comercialização avançou bem nas últimas semanas, diante da melhora no preço e do avanço acelerado da colheita do café novo. 

  • “O volume recorde colhido no ano passado explica o andamento percentual mais moroso das vendas na comparação com outras temporadas. E isso mesmo com o nível recorde embarcado ao longo do ciclo comercial”, observa.

    As vendas do café arábica alcançaram 94% da safra. O percentual comercializado é menor que igual época do ano passado (96%) e também abaixo da média para o período (97%). Já as vendas de café conilon alcançaram 98% da safra, contra 100% em igual época do ano passado e 99% na média de cinco anos.

    Por Agência Safras

    Fonte : Canal Rural