Leitura e votação do requerimento de urgência para o texto do Código Florestal são adiadas

Fonte:  Ruralbr

Pedido do PSOL foi acatado pela Mesa Diretora do Senado e trabalhos devem ocorrer somente nesta quarta

Daniela Castro | Brasília (DF)

Atualizada às 20h54

Foram adiadas para esta quarta, dia 30, a leitura e a votação do requerimento de urgência para a tramitação do projeto do novo Código Florestal no Plenário do Senado. O pedido foi feito pelos senadores Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Marinor Brito (PSOL-PA)  e acatado pela Mesa Diretora da Casa no final da tarde desta terça, dia 29.

Eles alegaram descumprimento do regimento interno da Casa, já que não foram publicados os avulsos da matéria após a aprovação na Comissão de Meio Ambiente. O pedido de urgência precisa ser votado para que se defina quando a matéria será incluída na pauta de votações do Plenário.

Confira mais informações sobre o Código Florestal no site especial
Em reunião de líderes realizada na manhã desta terça, a oposição havia concordado em realizar a votação do texto do senador Jorge Viana (PT-AC) nesta quarta, dia 30. O acordo foi possível, graças à promessa do governo de apresentar uma proposta que viabilizasse a votação da chamada Emenda 29, na próxima terça, dia 6. Entretanto, a decisão não foi acatada pelo PSOL, que propôs a retirada da urgência da votação.

Depois de votado pelo Plenário, o projeto do novo Código Florestal deverá retornar à Câmara, para que os deputados se pronunciem sobre as mudanças feitas pelos senadores.

Acompanhe

Assim que a votação do Código Florestal começar no Plenário do Senado, você pode acompanhar pelo portal RuralBR. No site, assista à transmissão em vídeo e também ao minuto a minuto do debate.

CANAL RURAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *