LEITE COM FORMOL | Empresa reconhece adulteração

A BRF prometeu pagar R$ 1,8 milhão para reparar os danos causados aos consumidores em razão de um lote de leite da marca Batavo que estava contaminado com formol.
Ontem, em reunião com o promotor de Defesa do Consumidor de Porto Alegre, Alcindo Bastos, a empresa assumiu a responsabilidade pelo alimento irregular que foi distribuído no Paraná.
Na segunda-feira, o vice-presidente de assuntos corporativos da BRF, Wilson Mello, já havia declarado que a empresa trataria de esclarecer o caso e arcar com as consequências. No dia 21, a Vigilância Sanitária do Paraná divulgou que um lote da Batavo, fabricado na unidade da BRF na cidade gaúcha de Teutônia, continha formol.
O promotor Alcindo disse que a indenização será compartilhada. Órgãos públicos gaúchos devem receber R$ 1,3 milhão para equipamentos, enquanto o restante beneficiará o fundo do consumidor de Curitiba.
– A empresa resolveu o assunto de forma exemplar – elogiou.

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *