LDC-SEV pede registro de oferta de ações

A LDC Bioenergia, a segunda maior produtora de açúcar e etanol do país, protocolou ontem na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pedido de registro de companhia aberta no Novo Mercado da BM&F Bovespa. A sucroalcooleira entrou também com pedido de oferta primária e secundária de ações.

No prospecto, a empresa informa que registrou no ano fiscal encerrado em 31 de março deste ano um prejuízo de R$ 279,453 milhões, depois de lucrar R$ 267,680 milhões nos doze meses anteriores. Informa também que seu endividamento com empréstimos e financiamentos (curto e longo prazos) cresceu dos R$ 3,628 bilhões em 31 de março de 2011 para R$ 5,471 bilhões em 31 de março de 2012.

A receita líquida da empresa, controlada pela múlti francesa Louis Dreyfus Commodities, avançou 9,6% para R$ 3,4 bilhões e o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado recuou 14,1%, para R$ 1,134 bilhão.

O resultado da LDC Bioenergia reflete a forte quebra de safra de cana que afetou todo o Centro-Sul do país, onde está a maior parte das usinas da empresa. Segundo apurou o Valor, a francesa moeu nesta temporada 2011/12, a qual se refere o balanço, 28,3 milhões de toneladas de cana, bem abaixo de sua capacidade que é de processamento de 40 milhões de toneladas. Procurada, a empresa informou que está em período de silêncio e que não iria comentar os números.

Fonte: Valor | Por Fabiana Batista | De São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *