LARANJA – Receita com exportação de suco cresce 19% em agosto ante agosto de 2018

O volume total de suco de laranja exportado no mês foi de 199,8 mil t, alta de 41,5% em relação às 141,5 mil t do mesmo período do ano anterior

Com o resultado de agosto, as vendas acumuladas de suco nos oito meses de 2019 alcançaram 1,378 milhão de toneladas, 12,2% a menos que o total de 1,570 milhão toneladas embarcado em igual intervalo de 2018. (Foto: Public Domain/ Creative Commons)

A receita total com exportação de suco de laranja do Brasil cresceu 19,1% em agosto deste ano na comparação com igual mês de 2018, de US$ 143,9 milhões para US$ 171,4 milhões, informou nesta segunda-feira (2/9), a Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia. Em relação a julho de 2019, houve alta de 3,1% ante os US$ 166,2 milhões registrados.

O volume total de suco de laranja exportado no mês passado foi de 199,8 mil toneladas, alta de 41,5% em relação às 141,5 mil toneladas de agosto de 2018 e alta de 6,3% ante o total de 187,9 mil toneladas de julho de 2019. Os dados consideram 22 dias úteis do mês passado.Com o resultado de agosto, as vendas acumuladas de suco nos oito meses de 2019 alcançaram 1,378 milhão de toneladas, 12,2% a menos que o total de 1,570 milhão toneladas embarcado em igual intervalo de 2018.

A receita acumulada entre janeiro e agosto somou US$ 1,154 bilhão, 19,15% abaixo do US$ 1,428 bilhão de igual período de 2018. Em agosto, as vendas de suco de laranja concentrado e congelado (FCOJ) movimentaram US$ 75,3 milhões, alta de 30% na comparação com os US$ 57,9 milhões de agosto de 2018 e elevação de 80,6% sobre o total de US$ 41,7 milhões de julho de 2019. O volume exportado de FCOJ ficou em 44,5 mil toneladas em agosto, 52,4% maior ante o total de 29,2 mil toneladas de agosto de 2018 e 78% maior que o volume de 25 mil toneladas de julho deste ano.

O faturamento com as vendas de suco não concentrado e não congelado (NFC) no oitavo mês de 2019 foi de US$ 96,1 milhões, alta de 11,7% sobre os US$ 86 milhões de receita em agosto de 2018 e queda de 22,8% ante os US$ 124,5 milhões de julho de 2019. Já o volume exportado de NFC foi de 155,3 mil toneladas no mês passado, alta de 38,3% sobre as 112,3 mil toneladas de agosto do ano passado e baixa de 4,7% ante 162,9 mil toneladas de julho deste ano.

  • ESTADÃO CONTEÚDO
  • ESTADÃO
  • Fonte : Globo Rural