Languiru fará testes para Covid-19 em seus funcionários de frigoríficos

As duas unidades frigoríficas da Cooperativa Languiru Ltda, localizadas nas cidades gaúchas de Poço das Antas e Westfália, passarão a realizar triagem e avaliação clínica individual de todos os seu funcionários para enfrentamento à disseminação da Covid-19.

Nos casos suspeitos de contágio, os colaboradores serão ainda submetidos às testagens sorológica e molecular.

Os procedimentos de testagem devem ocorrer até o dia 7 de junho e toda a conduta a ser adotada pela empresa foi firmada mediante Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Trabalho (MPT). Com o acerto, a empresa passa adotar estratégias de monitoramento, controle de transmissão e redução do impacto da Covid-19 em seus 1.542 empregados.

Após esta data, a empresa manterá a rotina de testagem em todos trabalhadores em atividade presencial, para contenção do crescimento de casos nas unidades. A Languiru também se comprometeu a organizar o trabalho no setor produtivo, para adotar distância não inferior a 1,8 metro entre empregados, implantar anteparos físicos constituídos de material impermeável entre os postos de trabalho, fornecimento de máscaras, face shields (máscaras faciais de acetato) e demarcação dos postos de trabalho.

Também adotarão medidas de organização do fluxo dos trabalhadores para eliminar aglomerações e sistema de renovação de ar.

Ações semelhantes já foram realizadas por outros sete frigoríficos gaúchos, por meio de acordo com o MPT, para evitar ocorrência de novos surtos do coronavírus nas unidades frigoríficas do Estado.

O TAC segue diretrizes estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e por órgãos municipais, estaduais ou federais da área e prevê, ainda, limitação de empregados transportados por veículo fretado e realização de vacinação gratuita dos colaboradores contra a gripe.

Fonte: Jornal do Comércio