LA NIÑA PODE PROVOCAR NOVA ESTIAGEM NO RIO GRANDE DO SUL; CORREIO DO POVO

Detalhes Notícia

De acordo com boletim do Copaaergs, a tendência é haver menor quantidade de chuvas e temperaturas mais elevadas entre novembro de 2020 e março de 2021. Irrigação é alternativa para contornar efeitos da estiagem | Foto: Fernando Dias/Seapdr

Há risco de estiagem em todas as regiões do Rio Grande do Sul nesta primavera e verão, com maior intensidade em novembro deste ano. O motivo é o fenômeno natural La Niña, que pode reduzir chuvas e aumentar a temperatura do ar. A previsão foi divulgada no Boletim do Conselho Permanente de Meteorologia Aplicada do Estado do Rio Grande do Sul (Copaaergs) e reforçada pela MetSul Meteorologia, que prevê estiagem e avalia que o fenômeno já começou em regiões como o Noroeste e Norte do Estado.

Em razão disto, recomenda-se o monitoramento de recursos hídricos, mesmo em regiões onde, nos últimos meses, houve chuvas acima da média.

Leia mais no Correio do Povo

Fonte : Felipevieira.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *