Justiça aceita 13 denúncias do MP

O Tribunal de Justiça do RS aceitou 13 das 14 denúncias feitas pelo Ministério Público (MP) relativas à Operação Leite Compen$ado, que indicou adição de ureia ao leite. O juiz Ralph Langanke, da vara judicial de Ibirubá, aceitou a denúncia contra 11 dos 12 denunciados. Arcídio Cavalli não foi incluído no processo porque Langanke entendeu que não há nos autos indícios suficientes de autoria ou participação no esquema que adulterava o leite no Estado. A Justiça de Guaporé acatou as duas denúncias.

O promotor Mauro Rockembach disse ontem que deverá analisar nesta semana se recorre da decisão do juiz de Ibirubá. O promotor confirmou ainda que, nesta semana, o MP deverá realizar novas ações, sem divulgar as regiões onde deverão ser deflagradas.

Ontem, a Polícia Civil de Goiás prendeu sete pessoas suspeitas de integrar quadrilha de roubo e adulteração de leite em vários municípios do estado. Segundo as investigações, a carga era roubada e levada para uma fazenda na região de Buriti Alegre, onde o produto era adulterado com sal, açúcar e água.

Fonte: Correio do Povo

Compartilhe!